APOIO
cherry_mobile_one_screen

Em 2017, sites preparados para o m-commerce eram apenas 24,20%; hoje são 76,36%, indica quarta pesquisa anual da BigData Corp para o PayPal Brasil sobre o mercado de lojas online no País

O e-commerce no Brasil se expandiu no último ano, registrando um crescimento de 12,50% em 2018. Atualmente, são 675 mil lojas online – frente às 600 mil existentes no ano passado – ou 5,63% do total de sites ativos no País. Chama atenção a massiva adoção, por parte do comércio eletrônico, de sites responsivos, que se adaptam a qualquer tela: eles mais do que triplicaram a sua participação – saltando de 24,20%, em 2017, para os atuais 76,36%. Aplicativos, por outro lado, já estão presentes em 13,86% dos sites; eram apenas 3,47% um ano antes. Essas são algumas das conclusões do estudo “O Perfil do E-Commerce Brasileiro 2018″, encomendado pelo PayPal Brasil à BigData Corp desde 2015.

O número de pequenos sites de comércio eletrônico, com até 10 mil acessos mensais, continua relevante (82,48% do total do e-commerce brasileiro), mas está em queda, tendo perdido expressivos 14,6 pontos percentuais, ante a participação de 97,08% no ano passado. No sentido contrário, aumentou a quantidade de grandes lojas online, com mais de meio milhão de visitantes mensais. Se no passado elas representavam apenas 0,17%, atualmente são mais de 7,53% das lojas de e-commerce. Da mesma forma, a quantidade de sites médios (com entre 10.001 e 500 mil visitantes mensais) cresceu, representando uma fatia de 9,99%, frente os 2,75% em 2017.

A BigData Corp. captura e processa, continuamente, mais de 20 milhões de sites brasileiros (e mais de 700 milhões no mundo todo). Para esta pesquisa, a empresa trabalhou com resultados obtidos entre maio de 2017 e maio de 2018. Os highlights você confere a seguir: