APOIO
Captura de pantalla 2017-11-09 a la(s) 13.10.21

Acontece, no Hotel Hilton de Buenos Aires, a 20ª edição do Festival El Ojo de Iberoamérica. Com participação de nomes importantes da indústria criativa, como Ciro Sarmiento, Per Pedersen e Saneel Radia, o evento reúne o que de melhor circula no mundo da propaganda. O festival celebra 20 anos de atividades El Ojo de Iberoamérica, nasceu em 1998 na cidade de Buenos Aires como uma reunião que reconheceu os melhores profissionais, na indústria de publicidade da região ibero-americana, e ao longo do tempo se tornou um dos maiores festivais da indústria criativa do mundo. Feita por um equipe apaixonada por comunicação o festival de característica por proporcionar a união de toda américa latina.

Nesta quarta-feira (8) o Brasil fechou o período com 60 prêmios, destaque para dois Grand Prix. Durante a cerimônia foram anunciados os vencedores nas categorias Design, Sustentável, PR, Media, Produção Audiovisual, Produção Gráfica e El Ojo Local, que reconhece o melhor da criatividade de cada país no festival. Na área de Design com a campanha “Um novo banco connected by design”, da R/GA São Paulo para Next do Banco Bradesco e no prêmio El Ojo Sustentável, em ação da Africa para a ESPN Brasil no Dia Internacional da Mulher. A competição em que o Brasil ganhou mais troféus na quarta-feira foi Produção Audiovisual: 21, sendo 6 de Ouro, 8 de Prata e 7 de Bronze.

Além dos citados acima, outro dos prêmios mais importantes do primeiro dia ficou para a DAVID Miami na campanha “Google home of the Whopper” para o Burger King, na área de mídia.O festival segue acontecendo nos dias 9 e 10, com mais premiações e conferências com nomes como Chuck Porter, Susan Credle, Guillermo Giménez y Brotons, Martín Mercado e Sebastián Wilhelm.