APOIO
segunda-feira, 23 de outubro de 2017
Captura de pantalla 2017-10-23 a la(s) 10.34.54

Realizado entre 3 de novembro e 3 de dezembro, evento apresenta obras inéditas de Guto Lacaz, Giselle Beiguelman, Maurizio Zelada, Alexis Anastasiou, Gisela Motta e Leandro Lima

Com o intuito de democratizar o acesso à arte, a 7ª Mostra 3M de Arte Digital ocupa o Largo da Batata, no bairro de Pinheiros, na capital paulista, entre os dias 3 de novembro e 3 de dezembro. Com trabalhos inéditos dos renomados artistas Guto Lacaz, Giselle Beiguelman, Maurizio Zelada e Alexis Anastasiou e da dupla Gisela Motta e Leandro Lima, a mostra que tem curadoria da produtora cultural Elo3, propõe a discussão da relevância da tecnologia, da ciência e do mundo virtual na sociedade contemporânea.

Realizada com recursos da Lei Rouanet, a instalação, que é totalmente gratuita, vai ao encontro do propósito dessa política pública de fomento e distribuição de arte e cultura. Já o Largo da Batata, localizado na zona oeste da capital, pertence a uma área revitalizada que integra o esforço da sociedade civil para transformar a cidade em um espaço de convívio e ocupação por parte da população. Com a circulação diária de aproximadamente 150 mil pessoas, o espaço tornou-se um símbolo de resistência pública abrigando ocupações, manifestações políticas, blocos de Carnaval e atividades de lazer e entretenimento cotidiano de paulistanos de todas as idades e classes sociais.

“Pela primeira vez, a exposição será realizada a céu aberto, fora dos limites físicos dos museus e centros culturais, e atingirá um público muito mais diversificado do que nas outras edições”, conta Fernanda Del Guerra, sócia e diretora da Elo3, empresa idealizadora da Mostra e que a realiza desde sua primeira edição. Luís Eduardo Serafim, head de marketing da 3M, patrocinadora do projeto desde a primeira edição, completa: “Ao apoiar a realização da Mostra, a 3M também promove a cultura e a arte, importantes instrumentos para a transformação social do nosso país, além de incentivar a promoção de uma arte disruptiva e de vanguarda. Depois de 6 edições, com um público visitante de mais de 150 mil pessoas, levar a Mostra para um dos cartões postais da paisagem paulistana é uma forma de democratizá-la ainda mais e aproximá-la do cotidiano das pessoas de forma a inspirar a todos que passarem por lá, promovendo uma reflexão diferente sobre o espaço público, sobre a arte e suas vertentes”.

Total liberdade criativa
Os artistas convidados tiveram total liberdade criativa na concepção das obras que aproveitam a área livre local como ambiente de expressão. Algumas terão um tom mais crítico, outras, mais lúdico, mas todas exploram a diversidade de pontos de vista do público e várias experiências sensoriais.

O catálogo da exposição, com informações completas sobre as obras, artistas, e o programa pedagógico terão recursos interativos e poderão ser vistos no celular, por meio do aplicativo Mostra 3M de Arte Digital, ou no site www.mostra3mdeartedigital.com.br. O Facebook mostra 3M de arte digital e o Instagram mostra3mdeartedigital também vão manter o público conectado.

Novos talentos de videoarte também serão revelados – Outra novidade desta edição para o público será o container.art, espaço dedicado aos novos artistas da videoarte. Dentro de um container montado no meio do Largo, funcionará uma sala de exibição com programação diária das 8 às 20 horas. As obras são de jovens artistas pré-selecionados por uma comissão julgadora.