APOIO
quarta-feira, 11 de outubro de 2017
Captura de pantalla 2017-10-11 a la(s) 10.34.26

Aconteceu no último final de semana, a 15ª edição do Moweek um dos maiores eventos de moda da América Latina, que chama muita atenção em relações a outras temporadas de moda como a conhecida SPFW por tem um grande espaço para venda varejo, onde muitos consumidores vão atrás descontos oferecidos por um banco brasileiro que é patrocinador oficial do evento. Com uma proposta bem comercial o Moweek vem crescendo e se consolidando em uma importante plataforma econômica para setor no Uruguai.

Muitas marcas aproveitam o aquecimento do setor do Uruguai, pequenas marcas apostam em criar um stand no evento para conquistar novos, Luicía Deambrosi, CEO e diretora criativa da marca Crina comenta que gostaria de expandir os negócios para outros países como Brasil. Já outras marcas apostam no mercado local que vem se tornando cada vez mais atrativo.

Apesar do crescimento, o mercado ainda está muito jovem e tem toda uma estrada toda pela frente, existe milhares de pilares que agora estão entrando em desenvolvimento como o mercado de influenciadores, o ponto positivo é que a gente “imprensa” ainda tem um espaço privilegiado no evento. E isso faz toda diferença nessa fase, é menos “opiniões pessoas” e mais profissionais falando e discutido seriamente sobre o assunto.

Outra característica que chama bastante a atenção de quem vem ao evento pela primeira vez é a qualidade da industria local. Marcas como Indian Emporium, uma das maiores empresas do setor têxtil no Uruguai, se destaca entre todas elas. A grife apresentou uma coleção leve, com uma pegada bastante romântica o que certamente para bom conhecedor da moda brasileira me lembrou bastante o grande estilista mineiro Ronaldo Fraga. Muitas marcas também participaram do evento, porém Indian Emporium surpreendeu positivamente.