APOIO
terrua_6

Após ser apresentada ao Brasil com a banda Gang do Eletro, a cantora e compositora KEILA lançou seu primeiro trabalho solo, pela Deck (2017). No EP, que leva seu nome, ela mostra toda a força da sua voz e maior pluralidade sonora, em um ritmo enérgico e dançante, indo além do que fazia no grupo que a consagrou.

As seis músicas do EP são de sua autoria, com exceção de “Olhe Meu Bem” (Gerssica Gessi), e estão no repertório do show. As faixas foram produzidas pelo DJ ProEfx e gravadas no Rio de Janeiro. A manauara, que entrou em contato com a música paraense aos 17 anos, buscou unir as referências do tecnobrega com outras importantes no seu desenvolvimento musical. Dessa forma, o EP traz elementos do pop, rap, cumbia, dubstep e ragga.

Suas letras trazem temas diversos, entre eles a dança e o ritmo, como em “Tecnobrega É o Poder”, que já tem seu clipe disponível no YouTube. Ou em “Funkzera” e em “Power Beat”, em que ela instiga o ouvinte a dançar. “Vou te Provocar” e “Baby Cumbia”, tem letras que falam de paixão, em batidas mais sensuais, sendo que a primeira traz uma batida eletrônica, enquanto a outra é uma cumbia envolvente. A apresentação terá a participação especial de Donatinho.

Na mesma noite se apresenta Natascha, que interpretará sucessos da música popular brasileira, com canções de Fagner, Chico Buarque e Dona Onete, entre outros.