APOIO
Fest Contrapedal exibe filmes de novos diretores lationoamericanos

A programação do Fest Contrapedal São Paulo também conta com uma programação de filmes premiados, todos de novos diretores da América Latina. A Sala Paulo Emílio do Centro Cultural de São Paulo recebe quatro títulos dias 08 e 09 de julho e todas as sessões serão gratuitas, mediante retirada de senha uma hora antes.
 
8 de julho:
18h – JAUJA (Lisandro Alonso, 2014): 
Uma coprodução entre Argentina, Dinamarca, França, México, EUA, Alemanha, Holanda e até o Brasil. Um homem e sua filha embarcam numa viagem que tem como destino um deserto localizado no fim do mundo. A beleza das locações transborda da tela, através de uma fotografia (Timo Salminen) dessas para emoldurar e pendurar em destaque naquela parede da sala. 
Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=2gfIqlSgfNA

20h – Cinema Novo (Eryk Rocha, 2016)
Vencedor do 69º Festival de Cannes na categoria de Melhor Documentário em 2016. Um ensaio poético, um olhar aprofundado e um retrato íntimo sobre o Cinema Novo. Mergulha na aventura da criação de uma geração de cineastas que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil – a partir de uma atitude política que juntava arte e revolução – e que tinha como desejo um cinema que tomasse as ruas e fosse ao encontro do povo brasileiro.
Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=TY1TMPCnLOA

9 de julho:
18h – Los Años Azules (Sofía Gómez Córdova, 2017)
Um gato recluso e uma velha casa demolida testemunham os dramas de cinco moradores jovens, vindos de diferentes lugares e culturas opostas. Eles convivem numa harmonia fraca até a chegada de um inquilino extravagante que os transforma em uma família fugaz e disfuncional. O filme lançado recentemente ganhou prêmios como melhor diretor, melhor atriz e melhor longa-metragem, no Festival Internacional de Cine en Guadalajara, em março deste ano. 
Trailer > https://www.youtube.com/watch?v=lNNT1-2dNpQ

20h – Clever (Federico Borgia e Guillermo Madeiro, 2015)
Clever é um instrutor de artes marciais, divorciado e pai. Obcecado com alguns efeitos especiais que ele quer mandar pintar em seu carro, decide viajar para uma aldeia remota, a fim de conhecer o suposto artista que pode fazer isso acontecer. Mas, ao longo do caminho, personagens excêntricos e misteriosos irão levá-lo a um destino inesperado. Eleito o melhor filme da Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem do 26° Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, o filme tem a direção de Federico Borgia e Guilhermo Madeiro. 
Trailer > https://youtu.be/Ia_VrlYoKo8